fbpx

Terapia com Ondas de Choque

Início » Terapia com Ondas de Choque

A TERAPIA COM ONDAS DE CHOQUE (TOC)  de baixa energia é uma possibilidade emergente de tratamento da Disfunção Erétil, que vem ganhando força nos últimos anos e vem sendo utilizada em diversas especialidades médicas além da urologia, como a – ortopedia, fisiatria, cardiologia, dermatologia e cirurgia plástica. O seu princípio baseia-se na aplicação de uma energia (com intensidade controlada) sobre o tecido erétil levando a um processo de neo-formação vascular e carreamento de células progenitoras  células tronco) . Como muitas terapias regenerativas que já utilizamos, a ação de micro-trauma com energia controlada, vai provocar uma reação de regeneração tecidual. Estudos em animais e em seres humanos já demostraram a eficácias da TOC, que foi demonstrada inclusive em estudos de revisões publicados recentemente por pesquisadores renomados. Importante salientar que a TOC, é hoje a única terapia disponível para tratar diretamente o tecido erétil e não apenas debelar os sintomas da disfunção erétil. Pacientes com disfunção erétil de origem vascular e aqueles que se tornaram refratários ao uso da medicação oral são considerados ideia para este tipo de tratamento. Já pacientes com DE severa  parecem não responder bem a esta terapia. A grande questão da TOC no momento, é sem dúvida a padronização do tratamento – tipo de máquina e tecnologia, energia  aplicada, duração do tratamento etc. É extremamente importante que sejam utilizadas tecnologias que tragam resultados comprovados na literatura médica, é por isso é fundamental que o paciente seja informado sobre o tipo de tratamento que irá receber, uma vez que pode existir diferenças significativas quanto a efetividade. Há hoje aparelhos que trabalham com diferentes formas de energia – eletro-hidráulica, eletro-magnética e piezo-elétrica e que depositam a energia nos tecidos de forma focal ou radial. Nosso grupo de urologistas vem utilizando este tipo de tratamento há cerca de 2 anos com experiência em diferentes tipos de tecnologia. Hoje utilizamos protocolos de aplicações semanais  5 a 6 sessões) como 5.000 a 6.000 impulsos por sessão (totalizando 30.000 a 36.000 impulsos) distribuídos em diferentes pontos do pênis. O tratamento é praticamente indolor e dura de 15 a 20 minutos em cada sessão.  A reaplicação do tratamento pode ser realizada (com um intervalo mínimo de 3 meses) após a avaliação da resposta inicial . Importante salientar que por tratar-se de uma terapia regenerativa, a ação da TOC irá durar alguns meses após a aplicação, existido um processo contínuo de recuperação tecidual.

Como Funciona?

Função erétil

Vasos sanguíneos saudáveis importam!

A ereção é o resultado de uma sinergia complexa entre os vasos sanguíneos, sistema nervoso, hormônios e músculos. Durante a ereção temos um aumento do fluxo sanguíneo para o pênis, o que gera uma elevação da pressão intra-peniana. Um fluxo sanguíneo adequado para dentro dos corpos cavernosos (Pênis) é essencial para uma boa rigidez peniana.

Tratamento

O tratamento é feito no consultório, sem anestesia. É totalmente indolor e demora apenas alguns minutos.
O aplicador é posicionado sobre os corpos cavernosos e é movimentado longitudinalmente ao longo do pênis.
O tratamento é administrado  em 1-2 sessões / semana. No total são realizadas 4-6 sessões. Não há nenhum efeito colateral conhecido.

Mecanismo de Ação!

Estímulos mecânicos específicos podem influenciar as funções celulares de um tecido vivo. A onda de choque extracorpórea, um tratamento moderno estabelecido na medicina por mais de 30 anos, ativam sensores mecânicos que disparam mudanças bioquímicas teciduais.

Efeitos da onda de choque:

  • Angiogenese (surgimento de novos vasos sanguíneos)
  • Melhora da microcirculação
  • Relaxamento de musculo liso do vaso sanguíneo (permitindo a entrada de mais sangue para o pênis)
  • Ativação de células-tronco locais
  • Melhoria da transmissão nervosa nos nervos penianos

Equipamentos Disponíveis

Piezo Wave