fbpx

Tratamento com Injeções

Início » Tratamento com Injeções

Tratamento com Injeção Intra-Uretral

Em pacientes refratários ao uso de medicações orais podemos utilizar a terapia intra-uretral, onde administramos uma medicação vasodilatadora (aprostadil) através da uretra, para que provoque uma ação no interior dos corpos cavernosos. Trata-se de uma terapia que não é tão efetiva quando a injeção de medicações vasodilatadoras dentro dos corpos cavernosos , mas é considerada menos invasiva pelos pacientes . A injeção intra-uretral pode ser considerada desconfortável por alguns pacientes , dificultando a continuidade do tratamento.

 

Tratamento com Injeção Intra-cavernosa

Estamos, aqui mais uma vez, diante de uma opção de tratamento para aqueles homens que não experimentaram um tratamento inicial eficiente. Agora com uma terapia mais invasiva por necessita da aplicação de medicações diretamente no interior dos corpos para que ocorra a vasodilatação e a consequente rigidez peniana. Há alguns tipos de substâncias a serem aplicadas como a prostaglandina (certamente a mais popular), a papaverina e a fentolamina, que pode ser utilizadas de forma isolado ou conjugada ( esquemas BIMIX ou TRIMIX). As injeções intra-vavernosas apresentam algumas complicações como dor local, formação de fibrose no corpo cavernoso ( uso prolongado) e o priapismo ( que é a ereção prolongada que pode necessitar de tratamento). A injeção intra-cavernosa é uma excelente opção de tratamento em pacientes que não possuem resposta adequada ao tratamento oral , mas que ainda não gostariam de ser submetidos ao implante de uma prótese peniana e apresentam excelentes resultados em pacientes que se adaptam a este tratamento. Apesar da auto-aplicação ( a necessidade do próprio paciente aplicar um a injeção em seu pênis soar estranho para muitos, a repetição associada a orientação e treinamento adequado são fundamentais para a adaptação do paciente a esta linha de terapia.